Altar Ego

quinta-feira, dezembro 22, 2005

Bom Natal






















Pois é o trenó despenhou-se
Algures sobre sobre a terra ou o mar
Duas renas sentiram-se mal
Depois de um almoço farto e bem regado
E lá despencou o trenó
Pelo céu abaixo

Ainda procuraram a caixa negra
Mas nada de encontrar
Interrogaram as renas
Mas elas em coma alcoólico
Nada de falar

Por um tempo o mundo gelou
Pensando que este ano de presente
Népia, nickles, nada
Andavam os papás à rasca com a explicação a dar
Aos meninos e meninas que passaram o ano a esperar

Mas não é que de repente
Na linha do horizonte
Aparece o Pai Natal de bicicleta
Com o saco de presentes

Estava salva a humanidade


A todos um Feliz Natal
Beijokas

Posted by simplesmente...mais eu :: 8:10 da tarde :: 11 Comments:

Post a Comment

---------------oOo---------------