Altar Ego

quinta-feira, dezembro 29, 2005

Cruzar de pernas






















Cruzo a perna, assim lentamente
Um sorriso nos lábios vermelhos
Um abanar dos cabelos loiros
Cruzo assim a perna, sensualmente

Nos sapatos pretos de salto alto
Nas meias de rede provocante
No cinto de ligas vermelho cintilante
Está o toque de desejo e de chamado

Sentada na cadeira cruzo a perna
E solto um riso solto e despudorado
E tu olhas...hipnotizado
Ao que deixei entrever
Ao que pareço prometer
Ao que te faço querer

Levanto-me da cadeira
Os teus olhos presos em mim
Chego-me ao pé de ti assim
Lentamente sem falar
Dou-te um beijo
E ... viro-te as costas

E agora? Vens atrás?
Vens buscar o que queres?
Já sabes, eu não dou
Empresto....
Não me entrego nem me ofereço
Sou tua naquele instante
E depois...a vida é minha
E sigo o meu caminho
Sem olhar para trás

Posted by simplesmente...mais eu :: 7:46 da tarde :: 7 Comments:

Post a Comment

---------------oOo---------------