Altar Ego

sábado, janeiro 28, 2006

Quero-te, és meu






















Quero-te, tenho-te
Procuro-te, encontro-te
Chamo-te, vens
Desejo-te, és meu

Tenho-te quando me apetecer
Procuro-te quando te quiser
Chamo-te quando tiver vontade
Encontro-te sempre que te desejar
Desejo-te sempre que penso em ti
E na tua vontade de me amar


És meu e somos nós
Sempre que juntos estamos
És meu e somos mais
Sempre que o queiramos
Fico contigo numa explosão de desejos
Sacias-me as procuras e acalmas as vontades
Dás-me de ti tudo o que procuro
Tiras de mim somente o que te dou
Entregas-te a mim com amor e paixão
Eu dou-me a ti com querer e ilusão

Quero-te tanto mas por tão pouco
Desejo-te tanto mas o quanto não te digo
E sendo meu és só meu e de mais ninguém
Mas eu, sendo tua sou só minha e de quem quero

Posted by simplesmente...mais eu :: 3:03 da manhã :: 8 Comments:

Post a Comment

---------------oOo---------------